Workshop - "Atelier de música improvisada - Auto de S. Martinho"

De 8 Outubro a 5 Novembro, 2016 (Sábados e Domingos em horários a definir)

Inscrições no CCC até 30 agosto 2016

O festival Caldas nice Jazz abre este ano mais uma área de intervenção que, a partir da organização de um plano de formação e de exercício experimental, procurará proporcionar novas opções musicais a jovens músicos do concelho e da região, ou proporcionar-lhes afirmações musicais que possam consubstanciar a sua formação musical.

O festival cria assim mais uma área pedagógica, a par de outros projetos que já desenvolve, propondo uma dimensão formativa ímpar no contexto da cidade e da região, confluindo com as instituições de formação artística existentes, num papel de complementaridade formativa em contexto de festival.

O CCC vem convidar jovens músicos da região para formar um ensemble que tocará música escrita para a recriação do auto S. Martinho («O auto que adiante se segue foi representado à mui caridosa e devota Senhora a Rainha D. Lianor na Igreja das Caldas, na procissão de Corpus Christi, sobre a charidade que o bem aventurado  S. Martinho fez ao Pobre, quando partiu a capa. Era do Senhor 1504.». Sendo a Igreja Nª Sª do Pópulo o único espaço vivo que se conhece onde Gil Vicente foi representado na sua época). Valorizar o contexto cultural e patrimonial local é uma vertente que a nossa programação procura integrar.

Este ensemble não estará vinculado ou associado aos elementos estilísticos do Jazz, mas sim a um registo mais próximo da música para cinema, em que o propósito musical é servir a ação, ou seja, o que se proporcionará é um contacto com a improvisação.  

A orientação deste projeto estará a cargo do compositor e músico Daniel Bernardes, na vertente de Dramaturgia contaremos com a Profª Ana Maria Cláudio e, decorrerá durante os fins de semana de 8 de outubro a 5 de Novembro e, culminará na apresentação pública, no dia 6 de novembro como pré abertura do concerto que Daniel Bernardes´Crossfade Ensemble fará para o encerramento do festival internacional Caldas nice Jazz 2016.

- Formadores:

Daniel Bernardes: Figura incontornável do panorama musical português, Daniel Bernardes tem vindo a construir uma carreira marcada pela exploração dos contactos entre o Jazz e a música de tradição europeia. O seu disco de estreia, Nascem da Terra (2013), estabelece a ligação entre o clássico trio jazz e o lirismo do repertório de piano erudito que estudou anos antes em Paris. 

Ana Cláudio: professora no Ensino Básico desde os anos 80. Encontrou na linguagem artística um caminho para o ensino da língua portuguesa, contextualizando a palavra como um elemento de comunicação e transformação poderosa.

Desenvolveu diversos projetos teatrais com jovens. Na escola, dinamiza o Clube dos Contadores de Histórias que, todos os anos, apresenta à comunidade educativa alargada, duas apresentações da autoria dos jovens (da palavra ao ato); ainda na escola, apoia os grupos de alunos que pretendem apresentar curtas encenações em sala de aula.

Da ligação ao teatro de marionetas surgiram, entre outros;  atividades para adultos como o oficina "Em linha com as marionetas", integrado nas comemorações das Linhas de Torres, no Museu Municipal Leoel Trindade, em Torres Vedras,.

Organizou e dinamizou o projecto de Artes Ciganas, Romale, em colaboração com a Associação Checa Miret e a Câmara Municipal de Torres Vedras, envolvendo jovens e adultos ciganos e não ciganos que culminou em diversos espectáculos envolvendo, dança, música, canto e marionetas. Ainda com a comunidade cigana local, desenvolve, no presente, a criação de um documentário sobre os ciganos em Torres Vedras, envolvendo os jovens das famílias locais. (parceria com o Académico de Torres Vedras).

É mestre em Educação pela Arte, na modalidade de Teatro na Educação.

- Número de músicos: enquadra-se num contexto de música de câmara, com o máximo de 10 elementos, e com alguma variedade de instrumentos, não sendo desejável mais do que dois instrumentos iguais. Isto para permitir um maior leque de possibilidades musicais.

- Idade: mínima 15 anos.

- Instrumentos procurados: manteremos a seleção de dois músicos por instrumento como referência, mas tomaremos uma decisão final consoante a adesão e variedade dos instrumentistas inscritos.

- Habilitações Musicais: Em termos de experiência vamos selecionar alunos a partir do 4º grau do conservatório, podendo ser eventualmente aceites alunos que estejam abaixo deste nível, caso sejam apresentados fundamentos para isso.

As inscrições devem ser enviadas para o email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.