DONAUWELLENREITER QUARTETO

Donauwellenreiter formaram-se em 2010, possuiem um caracter musical invulgar porque fundem princípios e geografias de uma europa central culta e que em cada concerto oferecem uma sinergia entre a Musica de Câmara, Minimal, Pop e Jazz, que são os elementos que constituem o grande e compacto andamento do som desta banda.

Eles são o romance alpinista da cena musical austríaca – uma dessas escassas jóias sonoras que só poderiam ter sido capazes de emergir de um centro cultural misto e radiante como Viena: Donauwellenreiter (“Danubesurfers”) apresentam um som distinto, diríamos fascinante e com um carisma altamente poético.

São convidados regulares em festivais internacionais como: Internationales Akkordeonfestival Wien (Alemanha) , Internationales Jazzfestival Saalfelden (Alemanha) , Festival Outreach Schwaz (Alemanha), Festival Worldmusic Bolzano (Itália), Festival Wolrdmusic Hamilton (Canada). Entre os outros concertos a destacar como: a inauguração de “Lange Nacht der Museen” na Praça de Potsdam, em Berlim (2011), bem como a estreia da peça encomendada “High Fidelity” no Landesmuseum Ferdinandeum em Innsbruck (2011).

O primeiro álbum muito elogiado “Annäherung” lançado em 2012, o seguido por “Messei” em 2014. “Donauwellenreiter” (Surfistas do Danubio), os músicos que integram esta surpreendente formação são: Thomas Castañeda – piano, Maria Craffonara - voz, violino, Lukas Lauermann – violoncelo e Jörg Mikula – bateria.

“segundo a segundo as alternâncias entre Tango, música dos Balcãs, Minimal, Klezmer, Jazz e Latim, o contemplativo, o perturbador, o dançante são montados num todo homogéneo.”- ORF, Rádio Ö1 de 2012

Ficha Técnica:

Thomas Castaneda - Piano, Teclado
Maria Craffonara - Voz, Violino, Percussão
Lukas Lauermann - Violoncelo
Jörg Mikula - Bateria